Dungeons & Dragons: A Importância da Agência de jogadores

em Dungeons & Dragons, os jogadores têm a chance de participar de uma experiência de contar histórias em grupo e viver fantasias heróicas. Um dos principais apelos do jogo é que quando um jogador consegue realizar uma tarefa no jogo, parece que eles realmente realizaram algo. Um bom jogo d&D depende do cumprimento dessa sensação, que é o resultado de um mestre de Masmorras adjudicando adequadamente um conceito chamado “Agência do Jogador.”

O Que É A Agência De Jogadores?

a Agência de jogadores é bastante fácil de explicar, mas um pouco mais difícil de implementar. Principalmente, a agência é alcançada quando um jogador tem controle direto sobre as decisões de seu personagem. O exemplo mais simples seria um lutador declarando que atacaria um goblin, então fazendo isso sem que o DM interferisse.

Continue rolando para continuar lendo clique no botão abaixo para iniciar este artigo no quick view. Além disso, um aspecto importante da Agência do jogador é a noção de que as decisões tomadas pelo jogador terão consequências diretas no mundo do jogo. Voltando a esse lutador, depois de derrotar com sucesso o goblin, eles agora são capazes de libertar os habitantes da cidade próxima que foram sequestrados. Se eles não tivessem derrotado o goblin, ou não enfrentado, os habitantes da cidade ainda seriam mantidos em cativeiro ou pior-mortos.

por último, a Agência do jogador é mantida quando os jogadores têm informações anteriores suficientes para deduzir os possíveis resultados e consequências para um determinado curso de ação. Isso permite que o jogador faça uma chamada de julgamento com base em quem é seu personagem e como ele responderia.

por exemplo: um lutador ouve falar na taverna local dos habitantes da cidade desaparecidos e alguns caçadores viram goblins à espreita na floresta nas proximidades. O lutador do jogador está bem alinhado e agora sabe que há inocentes em perigo dos goblins do mal. Deixar os habitantes da cidade sequestrados para seu destino é contrário aos ideais do lutador, então eles escolhem perseguir os goblins.

Como Encontrar o Equilíbrio

Embora possa ser tentador para permitir que o jogador agência para ditar todos os aspectos de um jogo, a verdade é que a execução de um Masmorras & Dragões campanha, de tal forma que corre o risco de ir para fora dos trilhos muito rapidamente, sobretudo para os mais novos DMs que não são confortáveis, desviando-se muito longe de ser a aventura que prepararam. Um jogo onde os jogadores controlam absolutamente tudo também pode não ter tensão. Se eles têm certeza de tudo e certeza de que terão sucesso, a narrativa pode perder força rapidamente.

Player agency é uma parte importante do conjunto de ferramentas de um DM, mas não é uma regra difícil e rápida. Na verdade, há momentos em que violar a Agência do jogador e forçar certas ações ou consequências é uma parte necessária para avançar uma história. É uma linha complicada de andar, mas entender quando deixar os jogadores terem reinado livre e quando forçar a mão é vital para manter um jogo emocionante.

violar a agência de jogadores com muita frequência ou com severidade corre o risco de um jogo se sentir injusto ou ferroviário. A maioria dos jogadores rapidamente perde o interesse em jogos como esse.

por exemplo, digamos que o lutador agora está deixando o Acampamento goblin, mas falha em sua percepção passiva e não percebe o outro goblin à espreita nas sombras, esperando para emboscar. Nesse caso, o jogador não tem todas as informações para tomar uma decisão informada. Se eles tivessem visto o goblin, eles certamente não se permitiriam ser emboscados. Como o lutador falhou, o Goblin oculto dá o salto no jogador e agora um novo e emocionante encontro começa.

outro grande exemplo de violar a Agência do jogador de forma eficaz é através do uso inteligente de vários feitiços. Um personagem que falha em Salvar um mago do mal usando a pessoa dominante agora é forçado a atacar um aliado em seu próximo turno. O jogador não tem Agência no próximo turno, então eles devem seguir os ditames do DM. No entanto, se usado de forma justa em um encontro, isso agora aumenta a tensão entre o partido, pois eles devem subjugar seu aliado enquanto ainda lutam com o spellcaster.

entender como E quando promulgar a Agência do jogador é uma grande habilidade para o DMs possuir e pode garantir que seus jogadores sempre se sintam envolvidos e vitais para a história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.